Terceirização de Serviços: Riscos ocultos que você precisa saber
Rua Capivari, 215 - Pacaembu

Terceirização de Serviços: Riscos ocultos que todo empresário precisa conhecer

terceirização-de-serviços

Compartilhar esse conteúdo

A terceirização de serviços é uma opção viável para as empresas deixarem suas operações mais enxutas e aproveitar uma grande variedade de serviços. Tudo isso, sem a necessidade de grandes investimentos e especializações internas.

Mas, assim como qualquer outra estratégia dentro de uma empresa, pode envolver sérios riscos. Estes podem variar desde leis trabalhistas, segurança e proteção de dados e muito mais. Veja agora alguns desses riscos ocultos que você precisa conhecer.

Sobre a lei de terceirização de serviços

A Lei nº 13.429/2017 regulamenta a terceirização de serviços no Brasil. Essa lei permite que empresas contratem outras empresas para executar serviços que antes só poderiam ser realizados por funcionários contratados diretamente.

A terceirização pode ser aplicada a qualquer atividade da empresa, inclusive a atividade-fim.

Essa lei da terceirização também estabelece que a empresa contratante é responsável por garantir que a empresa terceirizada cumpra com todas as obrigações trabalhistas, previdenciárias e fiscais. Além disso, a empresa contratante deve garantir a segurança e saúde dos trabalhadores terceirizados.

Além disso, é importante destacar que a terceirização de serviços pode trazer diversos benefícios para as empresas. No entanto, é preciso estar atento aos riscos ocultos que podem surgir com a terceirização.

Como está a terceirização no Brasil?

De acordo com um estudo realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a terceirização é amplamente utilizada no Brasil.

A pesquisa apresenta que 80% das empresas utilizando essa prática em algum setor ou atividade. Em média, essas empresas destinam 18,6% de seus orçamentos para a terceirização de serviços.

Inicialmente, a terceirização no Brasil se baseava em serviços de conservação, limpeza e vigilância, e aos poucos foi se expandindo para demais setores.

A Lei do Trabalho Temporário nas Empresas Urbanas (Lei nº 6.019/1974) regulamentou o trabalho terceirizado temporário, seguida pela Lei nº 7.102/1983, que dispõe sobre a segurança para estabelecimentos financeiros, comerciais e industriais.

Apesar do crescimento da terceirização no país, há riscos ocultos que todo empresário precisa conhecer antes desse tipo de contratação.

Por que a terceirização de serviços é uma ótima opção?

A terceirização de serviços pode ser uma ótima opção para empresas que desejam reduzir custos operacionais, aumentar a eficiência, melhorar a qualidade dos serviços prestados e se concentrar em suas principais atividades.

Ao terceirizar serviços, as empresas podem se beneficiar de uma equipe altamente especializada e experiente, sem ter que arcar com os custos de treinamento e desenvolvimento de seus próprios funcionários.

Além disso, a terceirização permite às empresas adaptar-se rapidamente às mudanças do mercado, contratando ou reduzindo serviços conforme necessário.

Isso pode ser especialmente útil para empresas que operam em setores altamente voláteis ou que estão sujeitas a flutuações sazonais na demanda.

Riscos ocultos de terceirizar os serviços da sua empresa

A terceirização de serviços pode trazer muitos benefícios para as empresas, como redução de custos e aumento da eficiência. No entanto, também existem riscos ocultos, veja a seguir alguns deles:

Empresas desqualificadas na terceirização de serviços

Uma das principais preocupações ao terceirizar serviços é a contratação de empresas desqualificadas.

Empresas desqualificadas podem não ter a experiência ou a expertise necessárias para prestar serviços de qualidade. Desse modo, pode levar a problemas e prejuízos para a empresa contratante.

Para evitar esse risco, é importante que a empresa contratante faça uma pesquisa detalhada sobre a empresa terceirizada antes de contratá-la. Isso inclui verificar a reputação da empresa, suas referências e histórico de trabalho.

Questões trabalhistas

Outro risco oculto da terceirização de serviços são as questões trabalhistas. Quando uma empresa terceiriza serviços, ela transfere a responsabilidade pelo cumprimento das leis trabalhistas para a empresa contratada.

Sendo assim, se a empresa terceirizada não cumprir as leis trabalhistas, a empresa contratante pode ser responsabilizada.

Para evitar esse risco, é importante que a empresa contratante verifique se a empresa terceirizada está em conformidade com as leis trabalhistas e se possui um histórico de cumprimento dessas leis.

Comprometimento da qualidade da prestação de serviço

Um risco oculto que também vale a pena comentar é o comprometimento da qualidade da prestação de serviço.

Quando uma empresa terceiriza serviços, ela perde o controle sobre a qualidade do serviço prestado, o que pode levar a problemas e prejuízos para a empresa contratante.

Para evitar esse risco, é importante que a empresa contratante estabeleça padrões claros de qualidade para os serviços terceirizados e monitore regularmente a qualidade do serviço prestado pela empresa terceirizada.

Alta rotatividade na terceirização de serviços

Quando uma empresa terceiriza serviços, pode haver uma alta rotatividade de funcionários da empresa terceirizada, o que pode levar a problemas de continuidade e qualidade do serviço prestado.

Para evitar esse risco, é importante que a empresa contratante escolha empresas terceirizadas que tenham uma baixa taxa de rotatividade. Além disso, é importante que essas empresas ofereçam benefícios e incentivos para reter seus funcionários.

Quais estratégias são eficazes para mitigar riscos na terceirização de serviços?

A terceirização de serviços pode trazer muitos benefícios para as empresas, mas também envolve riscos que precisam ser mitigados. Para minimizar esses riscos, existem algumas estratégias eficazes que podem ser adotadas:

Avaliação criteriosa dos prestadores de serviços

Antes de contratar um prestador de serviços, é importante realizar uma avaliação criteriosa.

Isso inclui verificar a sua experiência e reputação no mercado, bem como a qualidade dos serviços prestados e a capacidade de cumprir prazos e metas.

Elaboração de um contrato claro e detalhado

Um contrato claro e detalhado é fundamental para evitar conflitos e garantir que as expectativas das partes sejam atendidas.

Sendo assim, é importante definir claramente as responsabilidades e obrigações de cada parte, bem como os prazos, metas e condições de pagamento.

Monitoramento constante do desempenho do prestador de serviços

O monitoramento constante do desempenho do prestador de serviços é essencial para garantir que as metas e prazos sejam cumpridos. É importante estabelecer indicadores de desempenho e realizar avaliações periódicas.

Desse modo, é possível medir a qualidade dos serviços e verificar se realmente está oferecendo resultados ou não.

Gerenciamento de riscos

O gerenciamento de riscos é uma estratégia importante para mitigar os riscos envolvidos na terceirização de serviços.

Isso inclui a identificação, análise e avaliação dos riscos, bem como a implementação de medidas preventivas e corretivas para minimizá-los.

Comunicação eficiente

Uma comunicação eficiente entre as partes é fundamental para garantir o sucesso da terceirização de serviços.

Sendo assim, é importante estabelecer canais de comunicação claros e eficientes, bem como definir responsabilidades e prazos para a troca de informações.

Quais são as responsabilidades legais do empresário ao optar pela terceirização?

A terceirização pode ser uma opção atraente para as empresas que desejam reduzir custos, aumentar a eficiência e se concentrar em suas atividades estratégicas. No entanto, é importante que os empresários estejam cientes das responsabilidades legais associadas à terceirização de serviços.

  • Conformidade com leis trabalhistas;
  • Garantir que os trabalhadores terceirizados recebam os salários corretamente;
  • Garantir que os trabalhadores tenham benefícios e condições de trabalho seguras e saudáveis;
  • É importante verificar se a empresa terceirizada está conforme as leis de propriedade intelectual;

Uma das principais responsabilidades do empresário é garantir que a empresa terceirizada esteja em conformidade com as leis trabalhistas e previdenciárias.

O empresário é solidariamente responsável por garantir que os trabalhadores terceirizados recebam salários adequados, benefícios e condições de trabalho seguras e saudáveis.

Além disso, é importante garantir que a empresa terceirizada cumpra as leis ambientais, de saúde e segurança, e outras regulamentações aplicáveis.

Não só, mas também é importante que a empresa prestadora tenha seguro de responsabilidade civil adequado para cobrir quaisquer danos ou lesões que possam ocorrer durante a prestação de serviços.

Outra responsabilidade importante é garantir que a empresa terceirizada esteja em conformidade com as leis de propriedade intelectual e de privacidade.

Isso inclui garantir que a empresa terceirizada não infrinja os direitos autorais, marcas comerciais ou patentes de terceiros, e que ela proteja adequadamente as informações confidenciais dos clientes da empresa.

Contar com um advogado para orientar sua empresa nesse processo de terceirização é fundamental para evitar problemas judiciais posteriormente.

Conclusão

A terceirização de serviços oferece vantagens significativas, como redução de custos e aumento da eficiência, sendo uma opção atraente para muitas empresas.

No entanto, é crucial que os empresários estejam cientes dos riscos ocultos associados a essa prática. Desde questões trabalhistas até comprometimento da qualidade do serviço, os perigos são reais.

Por esse fato, criar estratégias e avaliar de forma criteriosa a contratação de empresas terceirizadas é fundamental.

Artigos Relacionados

contratos-de-franquia
Direito Empresarial

Contratos de Franquia: Considerações importantes

Os contratos de franquia são ótimas opções de negócio e podem proporcionar uma série de benefícios, tanto para a indústria que comercializa a sua marca,

plugins premium WordPress